Sugestões para não errar na apresentação em Powerpoint

Olá!

Esta seqüência de slides mostra, de forma sucinta, como elaborar apresentações de powerpoint para que não tenham o efeito de um lexotan sobre a platéia. Apesar de direcionada para apresentações de negócios, os princípios se aplicam também ao conteúdo na área de saúde. Está em inglês, mas nada que apavore os pouco afeitos ao idioma de Shakespeare.

Também existe a regra do 10 – 20 – 30 para os slides de texto (não se aplica a imagens expositivas). Não é uma regra fixa, mas um conceito a ser lembrado:

  • 10: Esse número determina a quantidade máxima de slides que uma apresentação de uns 20 minutos deveria ter. É necessário sintetizar sem perder o essencial do que deve ser comunicado. Assim a mensagem pode ser passada de maneira eficiente.
  • 20: Aqui temos o tempo máximo em minutos, que uma apresentação de 10 slides deveria respeitar. Com um número reduzido de slides, essa não é uma tarefa muito difícil. Obviamente, para uma discussão mais aprofundada, deve-se esquecer esse tópico.
  • 30: Por último, temos o tamanho da fonte usada para os slides. Com uma fonte de tamanho 30, pouco texto pode ser inserido em cada slide no PowerPoint. Fica mais legível e dificilmente permitirá que o expositor fuja do assunto.

Abraços!

About these ads
Explore posts in the same categories: Sem-categoria

Tags: , , , , , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: